Skip to content

Maranhão mantém redução de leitos mesmo diante da taxa de ocupação chegar a 93% em São Luís

Governo do Maranhão manteve a redução de leitos de UTI e clínicos mesmo diante da taxa de ocupação aumentarem nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), a grande São Luís atingiu 93,49% de taxa de ocupação para leitos de UTI e 78,57% para leitos clínicos.

Na semana passada, a Folha Maranhão apontou uma diminuição de cerca de 21 leitos exclusivo para o tratamento de Covid-19 na grande São Luís. Foram retirados 10 leitos de UTI e 11 leitos clínicos.

No dia 01 de maio, a SES informava que região da Grande Ilha de São Luís possui 271 leitos de UTI e 543 leitos de leitos clínicos exclusivos para o tratamento do Covid-19. Porém, boletim divulgado hoje, a SES diminuiu essa quantidade, passando para 261 leitos de UTI e 532 leitos clínicos. Essa alteração foi feita no último dia 12, e mesmo com o aumento na taxa de ocupação o governo mantém essa redução.

Ainda de acordo com boletim divulgado hoje, a Iha de São Luís possui apenas 17 leitos de UTI e 114 leitos clínicos livres.

Desde o início do ano, o governo federal já autorizou a habilitação de 470 leitos de UTI e 87 leitos de suporte ventilatório pulmonar no Maranhão. Em São Luís, foram autorizados 222 leitos de UTI ao valor de R$ 22.128.000,00.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.