Skip to content

Orçamento secreto: Gil Cutrim e Juscelino Filho teriam enviados R$ 4 milhões em emendas via Codevasf para Bahia

Dois deputados federais do Maranhão, Gil Cutrim (Republicanos) e Juscelino Filho (Democrata) teriam destinados emendas via Codevasf para Estado da Bahia. É o que aponta uma reportagem do Estadão sobre a planilha de controle de repasses do governo federal.

O nome dos dois deputados aparece na planilha do “orçamento secreto” do governo federal, onde cada parlamentar teria destinado o valor de R$ 2 milhões para Codevasf atuar no Estado da Bahia.

Em outro caso, o o líder do Podemos na Câmara, Léo Moraes, de Rondônia, consta como o autor da indicação de R$ 5 milhões para obras em Capinzal do Norte e Bacuri. Os municípios que ficam no Maranhão, a uma distância de mais de 2.000 quilômetros de Porto Velho.

“Foi indicação de algum parlamentar da minha bancada para o Maranhão. Não passa pela minha escolha de líder, não tem meu nome em ofício encaminhado para o ministério ou para qualquer prefeitura do Estado”, afirmou.

Em resposta a reportagem do Estadão, os deputados Gil Cutrim e Juscelino Filho negaram a destinação das emendas para Bahia.

Em contato com a nossa redação, o deputado Gil Cutrim encaminhou a seguinte nota.

Causou-me estranheza a matéria totalmente tendenciosa que supõe que destinei recursos ao estado da Bahia, vistos em uma suposta tabela que ninguém nunca viu. Reafirmo que nunca destinei nenhum recurso que não seja para o Maranhão, o que pode ser comprovado nos portais da transparência da Câmara Federal e do Governo Federal.

Quando fui contatado pelo “O Estadão”, neguei veemente a informação descabida e desonrosa e na reportagem em questão, sou citado apenas para relatar minha negativa. Ressalto que sempre estive a disposição da imprensa local e não fui procurado por nenhum veículo de comunicação do estado pra que pudesse esclarecer a matéria.

Aos maranhenses reafirmo que todo recurso de emenda parlamentar irei destinar para investimentos em nossos municípios, como tenho feito.

Gil Cutrim
Deputado Federal
Republicanos/MA

Após o fechamento da matéria, o deputado Juscelino Filho também nos enviou nota sobre o assunto.


Em matéria sobre o que chama de orçamento paralelo, o jornal O Estado de São Paulo do último domingo (16) citou o meu nome, que consta incorretamente em uma suposta planilha secreta do governo federal como tendo destinado R$ 2 milhões ao estado da Bahia. Repudio, veementemente, a informação, que neguei por contato telefônico com o repórter do jornal paulista, que teve o cuidado de fazer o registro.

Embora não tenham falado comigo, alguns veículos do Maranhão repercutiram a matéria em causa, mas distorcendo uma reportagem original já equivocada e seguindo linha de abordagem que afirma que houve a referida destinação de verbas. Reitero minha disponibilidade permanente de atender jornalistas, blogueiros ou qualquer meio de comunicação, sobretudo do Maranhão.

O Maranhão é testemunha de que sou um dos parlamentares que mais tem conseguido recursos federais, tanto para o governo estadual quanto para os municípios, principalmente estes. Reafirmo que meu compromisso é com a melhoria da qualidade de vida da nossa gente, motivo pelo qual toda e qualquer emenda ou indicação de minha autoria será para beneficiar os maranhenses.


Deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA)
Presidente do Democratas Maranhão

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *