Skip to content

França do Macaquinho é representada na PF com acusação de favorecer familiares e aliados no “Minha Casa, minha vida” em Santa Luzia

A prefeita do município de Santa Luzia, França do Macaquinho (PP), mas uma vez ver seu nome diante de um escândalo em sua gestão. Segundo representação protocolada na sede da Polícia Federal no Maranhão, a prefeita está sendo acusada fraudar o cadastro e o sorteio do programa de habitação do governo federal, “Minha Casa, minha vida”.

Segundo a representação protocolado por moradores do município, França do Macaquinho teria favorecido parentes, secretário de seu governo e vereadores do município.

O cadastro para recebimento de casas teria sido realizado pela gestão municipal, concluído no ano de 2014, com um total de 2.109 inscritos. A prefeitura teria contratado a empresa N.S Comércio e Serviços Ltda. Quando assumiu, França do Macaquinho teria aparelhado os cargos técnicos administrativos com seus apadrinhado políticos.

A representação afirma que a prefeita teria nomeado para o cargo de secreta de Assistência Social a senhora Cristatiedd Linhares do Santos, filha de um ex-vereador e irmão de um atual vereador. Gilcevan da Silva e Silva foi nomeado no Departamento de Habitação do município. A vereadora mais votada no município nas últimas eleições é funcionário comissionada da prefeitura e do mesmo partido da prefeita reeleita.

A partir desses nomes citados acima, a representação afirma que a prefeita teria dado início em mudanças feitas no cadastro da “Minha casa, minha vida”. A prefeita teria incluído e retirado nomes no sorteio do programa federal no município.

Artur da Paixão Oliveira, sobrinho da França do Macaquinho, teria sido um dos contemplados no sorteio, além de Higo Matheus Linhares do Santos, sobrinho da secretária de Assistência Social.

O documento foi protocolado no último dia 9 de fevereiro, por se tratar de fraude em um programa do governo federal, a investigação fica por conta do Ministério Público Federal junto com a Polícia Federal.

Veja a íntegra da representação aqui

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *