Skip to content

Auditória do TCE nega pedido de sigilo solicitado por Carlos Lula

O pedido de sigilo solicitado por Carlos Lula no inquérito que investiga a compra de respiradores pelo Governo do Maranhão através do Consórcio Nordeste, foi negado pela auditória do Tribunal de Contas do Maranhão (TCE).

Segundo Aline Vieira Garreto, auditora do Controle Externo do Tribunal de Contas do TCE-MA, o Governo do Maranhão já deveria ter colocado os contratos realizados junto com o Consórcio do Nordeste no Portal da Transparecia estadual, muito antes de ser instaurado o procedimento investigatório pelo Tribunal.

Ainda de acordo com auditora, os gestores públicos não podem se esquivar da transparência.

Calor Lula solicitou o pedido de sigilo após o escândalo do envolvendo os 9 Estados do Nordeste. Na ocasião, o Maranhão investigou cerca de R$ 9,3 milhões na compra dos respiradores, porém, segundo investigações, assim como os outros estados, o Maranhão não teria recebido todos os equipamentos, assumindo um prejuízo de R$ 5 milhões aos cofres públicos.

O voto contrário da auditoria ao pedido de Carlos Lula, servirá embasar o voto do conselheiro Antônio Blecaute, relator do processo no Tribunal.

Com informações do O Estado

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Veja também

Secretário de Saúde do MA, Carlos Lula, aparece dançando sem máscara em convenção partidária; veja o vídeo

“Ele só fez besteira nos palanques durantes as convenções”, afirma Cesar Pires sobre Carlos Lula

Carlos Lula pede sigilo em processo sobre compra de respiradores pela SES

TCE solicita informações a Carlos Lula sobre compra de respiradores através do Consócio Nordeste

Comentários

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.