Skip to content

Governo do Maranhão irá convocar 50 novos policiais militares aprovados no último concurso

O governo do Maranhão irá convocar 50 novos policiais aprovados nos último concurso para ajudarem no atual efetivo da Polícia Militar no Estado. O anúncio foi feito pelo líder do governo, o deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) durante a sessão parlamentar na manhã de hoje na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Ainda de acordo com o parlamentar, o governador Flávio Dino (PCdoB) juntamente com o secretário de segurança pública, Jefferson Portelas, irão entregar centenas de viaturas ao sistema de segurança. Tudo isso anunciado para próximo mês.

A convocação dos novos policiais veio em meio mais uma polêmica envolvendo o a segurança pública do Maranhão. Segundo o deputado Wellington, vigilantes de uma empresa privada estariam fazendo o trabalho da polícia militar na região de Centro Histórico de São Luís. Realizando rondas, abordagens e apreensões, tudo de maneira irregular conforme denúncia do parlamentar.

Wellington têm sido o grande defensor dos aprovados nos concursos públicos realizados pelo governo do Maranhão. Em seus discursos, o deputado sempre mantém sua defesa pela nomeação desses aprovados, principalmente na área segurança pública. Inclusive, o pronunciamento do deputado Rafael Leitoa foi em reposta ao discurso do deputado Welington do Curso, que mais uma vez cobrava o governo por melhorias na segurança do Estado.

Durante a sessão de hoje, o deputado Wellington teve dois requerimentos negados pela base do governo. O primeiro deles, seria o envio de um ofício à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e Polícia Militar do Maranhão. No documento, o Wellington solicitou a informação do quantitativo exato da Polícia Militar no Maranhão.

O outro requerimento, seria justamente o pedido de esclarecimento sobre o caso dos vigilantes na região do Centro Histórico de São Luís, porém, mais uma vez a base do governo negou.

Apesar dos requerimentos terem sido negados, Wellington prometeu fazer de forma oficial direto do seu gabinete.

Apesar da convocação ser de responsabilidade do governo, os créditos pela pequena conquista se devem ao deputado Wellington, que muitos antes de ser deputado já defendia o emprego através do concurso público, e desde o início da sua carreira política essa têm sido uma de suas principais bandeiras do seu mandato.

Veja o discurso do deputado Rafael Leitoa

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Publicidade

8 Comentários

  1. Ana Amélia Figueiredo Santos Ana Amélia Figueiredo Santos

    Sinceramente eh uma vergonha,o que vai fazer, 50 policiais,tendo 1800 formados?
    Lembrem -se que a eleição vem aí o povo acordou.
    Falta de respeito com o povo Maranhense.Justificar o injustificável.

  2. Fernandes Fernandes

    Não irá convocar ninguém mais… Esses 50 serão os que estão no cfap no final do curso e se formam agora em março!

  3. Fabrico Nogueira Santos Fabrico Nogueira Santos

    Governador brinca com a segurança do povo, ele pensa que todo mundo anda com segurança partícular igual ele 50 novos Pms pra + de 200 municípios vai ajudar em que?

  4. Monteiro Monteiro

    Não sei como definir isso, se é palhaçada, picaretagem, ou algo pior. De 1700 Soldados formados esses palhaços chamarem 50 é muita hipocrisia. Mas o que é deles está guardado. Deus vai castigar eles.

  5. Policial AntiFascista Policial AntiFascista

    Eu queria saber onde estão essas centenas de viaturas? O estado não tem viaturas para polícia militar, vejo esse pessoal dizendo para chamar 1800 policiais e vão trabalhar aonde? Com que? A PMMA tá sucateada

    • Bruno Barros da Silva Bruno Barros da Silva

      De barco, canoa, bicicleta, de pé….
      Os 1.700 tem por direito serem nomeados. O Governador desgraçou a vida desses homens e mulheres; ele é tão infantil que chega a debochar deles. São pessoas q lutaram e fizeram até o impossível para realizar seu sonho. Abandonaram suas vidas para atender ao chamado do Estado, que os descartou como lixo.
      Para alguns foi a maior rasteira que poderiam ter tomado na vida.
      Se dedicaram, se capacitam, lutaram, cumpriram todas as etapas, inclusive o curso de formação de soldados, e merecem essa nomeação. Não estão pedindo ou mendigando, é direito!

  6. 50 Subjudces… Enquanto isso 1700 pais e mães de família que passaram em todas as etapas… Em todas as matérias continuam sendo prejudicados por pura Birra!
    #VERGONHA

  7. Bruno Barros da Silva Bruno Barros da Silva

    Só digo que existe justiça no Maranhão, quando esses 1.700 polícias formados forem nomeados e estiverem trabalhando e os responsáveis por tamanho abuso, humilhação e crueldade forem culpados e pagarem por toda perversidade que fizeram à essas pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *