Skip to content

MPMA investiga prefeito de Bacabal, Edvan Brandão, por suposto enriquecimento ilícito

O Ministério Público do Maranhão, através da 2ª Promotoria de Justiça Especializada de Bacabal, resolveu instaurar inquérito civil para que possa ser apurado a denúncia de enriquecimento ilícito pelo atual prefeito do município, Edvan Brandão.

De acordo com a denúncia, o patrimônio do prefeito de Bacabal, Edvan Brandão de Farias, não com diz com salário dele  recebido na prefeitura, ainda conforme a denúncia, os padrão de vida adotado pelos familiares se mostra incompatível com a percepção remuneratória do cargo ocupado e com a declaração de bens apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral.

Segundo relatos, a família de Edvan Brandão teria comprado carros de luxo, feitos reformas e compra de imóveis, além de fazer investimentos na pecuária local.

Diante do exposto, o Ministério Publico do Maranhão expediu ofício requisitório aos cartórios da comarca de Bacabal, para que encaminhem, no prazo de 15 (quinze) dias, cópias de escrituras públicas em que o investigado, Edvan Brandão de Farias, sua esposa Ivaneide Brandão Farias, e de seu filho Davi Brandão de Farias, constem como outorgantes, outorgados, adquirentes ou transmitentes de bens durante os anos de 2019 e 2020, bem como ata notarial/registral de fato jurídicos.

Foi solicitado ainda ao Departamento de Trânsito do Maranhão – DETRAN, para que encaminhe, no prazo de 15 (quinze) dias, documentação referente aos bens no nome do investigado.

Por fim, foi enviado oficio ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão – TRE, requerendo-lhe a declaração atualizada de bens do Prefeito do Município de Bacabal-MA, Edvan Brandão Farias

Um comentário

  1. Anfrizo Ribeiro Anfrizo Ribeiro

    Cargos públicos, só servem para enriquecer políticos. Entram com uma sacola e saem com várias malas. Só muita taca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *