Skip to content

Flávio Dino insiste em manter advogado à frente da CAEMA; sindicato sinaliza greve diante da falta d’água em São Luís

Há dias boa parte da população de São Luís sofre com a falta d’água. A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão-CAEMA justifica que o desabastecimento é por conta de manutenções preventivas e corretivas no Sistema Italuís.

Mas oferecer água aos consumidores parece não ser a prioridade do atual presidente da Companhia, André dos Santos Paula. André, que é membro do PCdoB, ex-partido do governador Flávio Dino (PSB), encontra diversas dificuldades e não consegue solucionar a crise hídrica em várias regiões do estado.

Mesmo com a CAEMA à beira da falência, o diretor do órgão volta suas armas contra os próprios funcionários da Companhia.

Segundo informações repassadas à Folha do Maranhão, os servidores da Companhia não recebem reajuste salarial desde 2019, período em que o comunista assumiu a direção administrativa e posteriormente a presidência da empresa. Além de não reajustar os salários, algo previsto em acordo coletivo, o presidente da Companhia tem como objetivo a redução do auxílio alimentação em 50%, mesmo com a inflação batendo recordes e a disparada nos preços de diversos produtos, sobretudo nos alimentos.

Diante da situação, o Sindicato dos Urbanitários do Maranhão (STIU-MA), sindicato que representa os funcionários da CAEMA, promete que haverá paralisação das atividades dos servidores da Companhia nos próximos dias 7 e 8, ou seja, o que já está ruim tende a ficar ainda pior.

Não bastasse isso, sua gestão enfrenta também crises de corrupção, onde recentemente dois funcionários foram presos sob acusação de desviar R$ 500 mil reais. Meses atrás, um gerente da CAEMA também foi acusado de desvios na casa de R$ 800 mil reais, mas, curiosamente, foi nomeado assessor da Presidência.

A falta de operacionalização e valorização dos servidores, supersálios, funcionários fantasmas e aparelhamento do órgão para benefício políticos, coloca em xeque a administração de André dos Santos Paula.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.