Skip to content

Hacker de São Luís é preso após invadir o celular do governador do Ceará

Foi preso no último domingo (8) o hacker Leonel Silva Pires Júnior, de 33 anos, acusado de invadir e clonar o celular do governador do Ceará, Camilo Santa (PT). A prisão foi realizada em casa de alto padrão em São Luís, capital do Maranhão.

Segundo a investigação da Polícia Civil do Ceará (PCCE), o hacker tinha como objetivo acessar os celulares de autoridades para desviar verbas públicas da saúde e da educação.

Leonel Silva Pires Júnior, já havia sido capturado por crimes semelhantes pelas polícias Federal (PF) e Civil do Maranhão (PCMA), em 2018 e em 2019, respectivamente. “Ele é um hacker altamente capacitado, que era especializado em desvio de recursos públicos através de estratégias cibernéticas e tecnológicas”, define o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), Sandro Caron.

O nome do governador Camilo Santana foi utilizado para tentar acessar um recurso do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), que era destinado a um município do Pará.

De acordo com as investigações, Leonel Júnior também tentou clonar o aparelho celular de um ministro do Governo Federal, outros dois governadores e pelo menos cinco prefeitos. Os nomes das autoridades e os Estados onde atuam não foi revelado pela Polícia, para não atrapalhar outras investigações.

Leonel Júnior foi autuado pelos crimes de invasão de dispositivo eletrônico, estelionato tentado e consumado. E ainda será investigado por lavagem de dinheiro e furto mediante fraude.

Com informações do Diário do Nordeste

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.