Skip to content

Empresa apontada pela PF em esquema de vendas de livros tem contratos com mais 4 prefeituras no Maranhão; veja as cidades

A Polícia Federal realizou na manhã de hoje no Maranhão, a Operação Mascate, com o intuito de combater a fraude na compra de livros por prefeituras maranhenses. A operação é um desdobramento da Operação Delivery, feita pela superintendência da Polícia Federal do Piauí.

Buriti Bravo, município cerca de 500km da capital, foi o principal foco da operação. Lá, a Polícia Federal fez mandatos de busca e apreensão na casa do prefeito da cidade, Cid Costa (PTB). Além da casa do prefeito, a PF realizou busca e apreensão na SEDUC – Secretaria de Educação do município.

A CGU verificou que o município de Buriti Bravo firmou, em fevereiro de 2020, dois contratos com a empresa investigada e que esses contratos foram integralmente pagos com recursos do Fundeb. No entanto, levantamentos anteriores da PF haviam apontado indícios de que os livros ofertados jamais transitaram pelo estoque da empresa, bem como há sinais de se tratar de empresa de “fachada”. O prejuízo estimado com a venda fictícia dos livros corresponde ao valor total dos contratos, que é se R$ 504.570,00.

A Operação Mascate consiste no cumprimento de um mandado de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão em Buriti Bravo (MA), Esperantinópolis (MA), Fortuna (MA) e Fortaleza (CE).

Segundo levantamento feito pelo site Folha do Maranhão em informações da Polícia Federal. A empresa investigada é a RC Comercial de Livros Ltda, com sede em Fortaleza no Ceará.

O site Folha do Maranhão apurou todos os contratos da empresa no Maranhão, e de acordo com o levantamento pelo menos 4 cidades teriam fechado contratos com a mesma empresa no Estado.

Veja a lista das cidades e os valores dos contratos.

ANOCIDADEDATAVALOR
2019Presidente Dutra02/09/2019R$ 713.700,00
2018Poção de Pedras24/08/2018R$ 89.005,00
2018Brejo09/08/2018R$ 206.572,00
2017Mata Roma01/08/2017R$ 134.650,00
TOTALR$ 1.143.927,00
Fonte: Tribunal de Contas do Maranhão (TCE)

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *