Skip to content

Empresa investigada pela Polícia Federal ganha contrato de quase R$ 1 milhão em Santa Inês

A prefeitura de Santa Inês, através da Secretaria Municipal de Saúde acaba de fechar contrato com a empresa Precision Soluções em Diagnósticos para aquisição de reagentes a serem usados no Laboratório Central e no Laboratório do Hospital Municipal de Santa Inês.

De acordo com o contrato assinado no último dia 10 deste mês, a empresa faturou cerca de R$ 985.451,5, e terá laço contratual até o final do ano.

Esse foi o primeiro contrato da empresa após a “Operação Cobiça Fatal”, onde a referida empresa foi o principal alvo da operação desencadeada em São Luís. De acordo com investigações, a empresa estava vendendo produtos usados no combate do Covid-19 com preços super faturados. A investigação apontou ainda, que a empresa possivelmente fazia parte de um grupo especializados em fraudar licitação.

A Operação Cobiça Fatal foi realizada no dia 9 de junho e efetuou a prisão de 3 empresários: Alexandre Chuairy, Somane Silva e o João de Deus. Alexandre é apontado como sócio oculto da Precision Soluções e Diagnóstico, o mesmo teria colocado a empresa nome da própria mãe, Lucia Maria Chuairy Cunha, que segundo dados da Receita Federal é uma das donas da empresa.

No contrato com a prefeitura de Santa Inês, a empresa foi representada por Sormane Silva, outro preso durante a operação.

Enquanto várias outras prefeituras que tinham fechado contrato com a empresa estão cancelando suas compras, a prefeitura de Santa Inês parece estar indo na contramão, firmando contrato com empresa que ainda briga na justiça para provar que não praticou crimes.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *