Skip to content

Investigações sobre adulteração de frascos da CoronaVac no MA estão sob sigilo, diz Anvisa

Desde maio deste ano, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) abriu uma investigação após serem identificado adulteração em frascos de vacinas da CoronaVac no Maranhão.

De acordo com a apuração, houve reaproveitamento de um frasco vazio de CoronaVac para introdução de um líquido diferente do da vacina dentro do recipiente, bem como o uso de uma cola para fixar o lacre de alumínio à tampa.

Em resposta à Folha do Maranhão, a Anvisa afirmou que as investigações ainda estão em curso e que não poderia divulgar mais informações devido ao processo está sob sigilo.

A Folha do Maranhão também entrou em contato com Controladoria Geral da União (CGU) onde foi informada que não possuía tal informação. Com o prazo de 20 dias, a CGU prometeu nos manda informações que apontam mais detalhes desta investigação.

Procurada pela Folha do Maranhão, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que denúncia foi feita através do NOTIVISA, sistema de informação para notificações de queixas técnicas gerado por um município, descartando assim, a denúncia de adulteração dos fracos teria partido de secretária estadual.

Questionada, qual seria esse município, a SES ainda não nos enviou uma resposta.

Veja a nota na íntegra da SES

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que, conforme as orientações do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o município é o responsável pela notificação no NOTIVISA, sistema de informação para notificações de queixas técnicas, ficando de responsabilidade da Anvisa o gerenciamento da notificação.

Vale destacar, que a Superintendência de Vigilância Sanitária (SUVISA) também está acompanhando as investigações, uma vez que foi notificada pelo município. Dessa forma, a Anvisa instaurou processo de investigação em parceria com a SUVISA, com recolhimento do frasco suspeito. A amostra está à disposição da Anvisa, que levou para análise no Instituto Butantã, fabricante da vacina.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.