Skip to content

BR-135, no Maranhão, passa por obras de duplicação e restauração

Única via terrestre de entrada e saída de São Luís, capital do Maranhão, a BR-135 passa por obras de duplicação e recuperação que vão melhorar as condições para o transporte de produtos, reduzir o tempo de percurso dos usuários e garantir mais segurança no trânsito.

Nesta quinta-feira (29), o Presidente Jair Bolsonaro, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, visitaram as obras e liberaram 3,7 quilômetros de pista já recuperada da BR-135 entre São Luís e a cidade de Bacabeira.

O ministro Tarcísio Gomes disse que o Maranhão terá a infraestrutura transformada e citou diversas melhorias que serão feitas em rodovias do estado, além da BR-135.

“Vamos trabalhar em uma série de rodovias que são importantes para o desenvolvimento do estado. Vamos fazer a duplicação da BR-135 até Miranda, vamos fazer a restauração da 135, inclusive recuperar os trechos que ficaram mal feitos no passado, que a gente sabe que a população sofre”, disse o ministro.

“Já temos o projeto de engenharia para a pavimentação da BR-235. Se pavimentarmos a 235 no Maranhão, vamos ter uma porta de acesso muito rápida até a Ferrovia Norte-Sul. E temos que investir nessa região de Matopiba que é a região que mais vai crescer no Brasil. É a fronteira agrícola que temos”, disse Tarcísio Gomes. O nome Matopiba reúne as iniciais dos estados Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. A BR-235 liga Aracaju (SE) a Novo Progresso (PA).

O ministro também citou os estudos para a federalização de uma rodovia do estado maranhense. “Estamos produzindo um estudo de viabilidade técnica e econômica para a federalização da MA-006 até Balsas. Nossa ideia é absorver esse trecho, pavimentar, melhorar, porque sabemos o quanto é importante para o desenvolvimento econômico”, disse.

Duplicação da BR-135

Os serviços de duplicação da BR-135 foram divididos em três lotes. O primeiro, entre Estiva até a cidade de Bacabeira, do km 25 ao km 51,3, está concluído. Agora, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) atua nos serviços de restauração da pista existente nos quilômetros finais do lote 1, do km 25 ao km 41.

No lote 2, as equipes do DNIT estão trabalhando no trecho localizado entre as cidades de Bacabeira e Itapecuru (Outeiro), do km 51,3 ao km 95. Nos primeiros 18 quilômetros deste lote, entre Bacabeira e Santa Rita, ocorrem as obras de duplicação da pista.

Por fim, o lote 3 está localizado no trecho entre Outeiro e Miranda do Norte, do km 95 ao km 127,3.

Para dar continuidade às obras de duplicação da rodovia federal, o Dnit está concluindo a contratação dos estudos complementares das comunidades quilombolas que vivem na região.

Obras de recuperação

Os serviços de recuperação do lote 1 da BR-135, situado entre o km 25 e o km 41,36, estão sendo realizados por meio de Termo de Execução Descentralizada com o Exército Brasileiro. O investimento é de R$ 42 milhões. A previsão é que 11 quilômetros de restauração da rodovia sejam concluídos até o final do ano.

Também neste ano, foram realizados serviços de recuperação emergencial entre Matões do Norte e São Mateus, do km 150,4 ao km 166,4 para promover uma recomposição da estrutura do pavimento neste trecho.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *