Skip to content

Governo pede autorização da Assembleia para implementar o programa Expresso do Trabalhador

O programa contará com 5 ônibus que rodarão de maneira gratuita em locais ainda serem definidos pela MOB-MA

O governo do Maranhão encaminhou a Assembleia Legislativa a Medida Provisória 365, de 3 de novembro de 2021, pedindo aos deputados a permissão para a criação do programa expresso do trabalhador, que consiste e conceder passagens de ônibus gratuita aos usuários de transporte público nos quatros municípios da ilha de São Luís.

De acordo com o governo, durantes audiência públicas realizadas juntos as comunidades da Vila Luizão, Araçagi, Parque Araçagi, Divinéia e adjacências, em áreas fronteiriças ou pertencentes a São José de Ribamar, percebeu-se a necessidade de se dar maior fluidez na mobilidade urbana e interurbana do trabalhador entre aqueles bairros e o centro da cidade, de forma célere e adequada, especialmente nos horários em que os congestionamentos são mais elevados.

Diante desse contexto, o Estado do Maranhão, por meio da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana – MOB, adquiriu cinco ônibus coletivos novos com intuito de favorecer as comunidades mais atingidas de forma expressa, gratuita e prestando o serviço adequado sem prejudicar as concessionárias ou autorizatárias potencialmente impactadas pela implantação de um novo serviço patrocinado pelo Estado.

Ainda de acordo com o governo, os recursos a serem utilizados no Programa Expresso Trabalhador serão destinados aos autorizatários/concessionários que executarão o Programa Expresso Trabalhador.

As rotas utilizadas pelo Expresso do Trabalhador serão constituídas de estudo técnico por setor competente da MOB-MA de forma a alcançar os usuários e facilitar o acesso aos serviços de saúde, deslocamento para o trabalho e atividades de lazer, fornecendo segurança e assistência aos usuários.

Os beneficiários do Programa Expresso do Trabalhador serão cadastrados pela Agencia de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos –MOB/MA e terão acesso gratuito ao transporte coletivo através do uso de cartão individual e intrasferível que será fornecido pela MOB/MA em conjunto com o Sindicato das Empresas de Transporte – SET.

O programa Expresso Trabalhador, entra em vigor após a aprovação da medida provisória.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Doações

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.