Skip to content

Um dia ruim para Eduardo Braide

Hoje, 28 de março, sem dúvidas foi um dia ruim para o prefeito de São Luís, Eduardo Braide.

Logo nas primeiras horas da manhã, o vereador Gutemberg do mesmo grupo político do Eduardo Braide que pretendia disputar a presidência da Câmara Municipal de São Luís, desistiu de seu pré-candidatura e declarou apoio ao vereador Paulo Victor.

Com isso, a partir de janeiro de 2023, a Câmara de São Luís se torna totalmente independente, o que pode atrapalhar os dois últimos de gestão de Eduardo Braide, travando projetos de seu interesse, assim como já vem acontecendo.

Por volta das 15 horas, o deputado estadual Fábio Macedo publicou uma nota assinada pela Executiva Nacional do Podemos, confirmando que ele será o novo líder da sigla no Maranhão. Partido que anteriormente era comandado por Eduardo Braide.

Cerca de uma hora a divulgação de Fábio Macedo, o prefeito Eduardo Braide confirmou a sua desfiliação e afirmou que sua saída teria sido por não pactuar com a direção nacional tentou impor os rumos no partido do Maranhão.

Seja no PMN ou Podemos, Eduardo Braide nunca demostrou ser partidário. Sempre usou o partido a fim de viabilizar suas candidaturas, e sua nota de saída do Podemos deixou isso bem claro.

Apesar do dia ruim, amanhã poderá ser pior. Rodoviários, há 41 dias de greve, mais uma vez prometem paralisação total do Sistema Transporte Público de São Luís.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Doações

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.