Skip to content

Jamys Gualhardo chama atenção quanto ao serviço do SAMU em São José de Ribamar

Não é de hoje que a Folha da Maranhão tem mostrado um dos trabalhos comunitários mais atuantes da região metropolitana, em especial em São José de Ribamar, trata-se do jovem Jamys Gualhardo.

Desta vez, Gualhardo usou suas redes sociais para chamar atenção da população e da prefeitura da cidade balneária quanto ao serviço da SAMU.

“NINGUÉM SE ENVOLVE EM ACIDENTE POR QUE QUER!

Hoje mais uma vez venho mostrar a realidade deste serviço, um problema que deve envolver vários entes governamentais. Senão vejamos.

A região do Parque Vitória fica cerca de 18km de distância da sede do município, se uma pessoa se acidentar, ela precisa esperar a ambulância vir da sede do município para a região limítrofe, algo que chega a ser um absurdo. Quem precisa de atendimento de urgência e emergência muitas das vezes os minutos e segundos são essenciais para permanecer vivo e ter uma esperança.

Ou seja, a DESCENTRALIZAÇÃO desse serviço é algo urgente!

Precisamos discutir essa situação, eu mesmo por diversas vezes, parei meu veículo para ajudar, seja ligando ou acalmando a vítima, apesar de ter curso de APH, sei o quanto é importante e vidas (pessoas-cidadãos) precisam ter a oportunidade de viver.

Vamos buscar essa descentralização, mesmo que seja na justiça, algo precisa ser feito e rápido.

Sobre o curso, dou os parabéns, é muito importante aos servidores serem treinados. Entretanto, a logística precisa ser revista”, alertou Jamys Gualhardo.

A situação é alarmante e deve ter um olhar especial pelos órgãos de controle. Caso comprovado algum fato em decorrência da má prestação deste serviço, os gestares irão ser responsabilizados.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.