Skip to content

No Maranhão, uso de máscara em locais abertos e fechados se torna opcional; veja as regras

O governador Flávio Dino anunciou nesta quinta-feira (11) a flexibilização das medidas sanitárias contra o coronavírus, principalmente em relação ao uso das máscaras. Veja abaixo os principais pontos anunciados:

Uso de máscaras em locais abertos

– A máscara passa a ser opcional em todo o Maranhão.

– Os prefeitos podem editar normas exigindo o uso da máscara, de acordo com a situação em cada cidade

Uso de máscaras em locais fechados

– Cidades com mais de 70% da população com 2 doses ou dose única: máscara opcional

– Cidades com menos de 70%: máscara obrigatória

– Cidades com menos de 70%: se estabelecimento exigir comprovante das 2 doses ou dose única para o acesso, a máscara é opcional

– Os prefeitos podem editar normas exigindo o uso da máscara, de acordo com a situação em cada cidade

Realização de reuniões e eventos públicos e privados:

– Seguem as regras editadas pelos municípios, que, diante da situação local, vão decidir se há condições ou não para a realização

– A taxa de contaminação deve ser menor que 1

– É preciso observar as regras sobre o uso de máscaras

– É preciso considerar o avanço da vacinação no município

– É preciso levar em conta a ocupação de leitos

Outras normas

– Empregados e servidores públicos com sintomas devem ser afastados por 14 dias

– Limpeza das mãos e ambientes arejados

– Sem restrição do acesso a estabelecimentos

– Sem obrigatoriedade de medição de temperatura

– Prefeitos podem editar regras mais rígidas

Vacinação

– Municípios com menos de 85% das doses aplicadas não receberão novas vacinas

– Governo do Estado pode deslocar equipes para apoiar municípios com baixa vacinação

– Terceira dose para pessoas com 50 anos ou mais (calendário definido por cada cidade)

VEJA AQUI O DECRETO COM AS NOVAS REGRAS

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Doações

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.