Skip to content

Câmara de São Luís deve buscar informações sobre acordo para fim da greve dos rodoviários

Após 12 dias sem transporte público em São Luís, o prefeito Eduardo Braide anunciou ontem (1) em suas redes sociais, o fim da greve dos rodoviários na capital.

Sem apresentar detalhes da negociação, Braide afirmou que os ônibus voltariam a circular e ressaltou que não haveria o aumento da tarifa de ônibus na capital.

Após o anuncio do fim da greve, surgiu a informação que a prefeitura de São Luís vai pagar mais R$ 12 Milhões, divididos em 3 (três) parcelas, de R$ 4 milhões – o dinheiro seria uma espécie de acordo com os empresários para resolver de imediato o salário dos trabalhadores e trabalhadoras rodoviários.

De acordo com o divulgado, a primeira parcela cai na quarta-feira (3), na conta do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) e é exclusivamente para honrar débitos com os trabalhadores.

Apesar de amplamente divulgada pela imprensa e em diversas redes sociais, a informação não foi confirmada pela prefeitura de São Luís, que até o momento não se pronunciou sobre o assunto.

Diante da situação, os vereadores de São Luís que fazem oposição ao prefeito deverão buscar de respostas. Uma delas seria de onde supostamente teria saído o dinheiro para repassar aos empresários, e de como teria ficado o acordo para o reajuste da tarifa do transporte público.

Desde que anunciou o fim da greve, Eduardo Braide não deu mais detalhes e preferiu se resguardar ao silêncio. Deixando a incerteza para os usuários do transporte público, se realmente o fim da greve foi a solução do problema ou o começo de outro.

Com a palavra, o prefeito Eduardo Braide..

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.