Skip to content

Jamys Gualhardo alerta população quanto à responsabilidade dos coletivos semiurbanos durante a greve

O primeiro suplente de vereador de São José de Ribamar e também agente de trânsito de carreira da capital maranhense Jamys Gualhardo (PDT), chamou a atenção dos usuários de transporte em suas redes quanto ao serviço prestados nos demais municípios da região metropolitana da capital .

A observação tem grande pertinência, pois até o momento não vimos o governo do estado se pronunciar quanto à greve nesses municípios, uma vez que o órgão estadual que gere esse tipo de transporte na região metropolitana.

Para Gualhardo , o governo deveria se pronunciar, veja:

“Somos sabedores que as mesmas empresas que realizam a prestação de serviço na capital são as mesmas dos demais municípios, mas o que não entendemos é o por quê que os deputados estaduais, federais e até o próprio governador do estado não intervém nas situações dos demais municípios ( uma vez que são contratos diretos), além disso, podemos ver todas as notas oficiais do sindicato voltadas para São Luís e esquecem a MOB ( gestora do estado) ?, terminou indagando aos que ser pronunciaram sobre a greve em São Luís.

Ainda para o Jamys, o governo deveria realizar uma licitação urgente, para que todas as vezes que acontecesse casos semelhantes, os problemas fossem tratados separadamente, até para resguardar a população de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar, uma vez que quase 80% dessa população trabalha na capital do estado e depende diretamente desse tipo de serviço.

O fato é que, a região metropolitana está há 6 dias sem ônibus e a população “pagando o pato”. Mas a observação é muito boa .

O governo deveria se pronunciar ou a MOB.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Doações

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.