Skip to content

Flávio Dino poderá sacrificar sua candidatura ao Senado para apostar em Felipe Camarão como seu sucessor

O governador Flávio Dino (PSB), já demonstra de todas as maneiras que pretende emplacar o secretário de educação do Maranhão, Felipe Camarão (PT) a candidatura ao governo do estado. Nem que para isso ele sacrifique a sua própria candidatura ao Senado Federal.

Desde a visita de Lula no mês passado, foram especuladas diversas possibilidades sobre o futuro de Felipe Camarão. Porém, segundo a maior figura petista deste país, Lula afirmou que não Maranhão, o PT não irá ter candidatura própria, e sim irá fazer uma chapa com alguém.

Por outro lado, Lula deixou bem claro que o futuro do PT no Maranhão, está nas mãos de Flávio Dino. Desde então, começou a ventilar a possibilidade que o governador Flávio Dino possa ficar no governo até o final do seu mandato.

Até o momento, não se sabe se isso é uma manobra de Flávio Dino para ganhar mais tempo no anuncio da sua escolha ou se realmente ele pretende fazer isso.

Caso Flávio Dino fique até o final de 2022, ele estaria quebrando a sua promessa feita ao vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), de que ele seria sucessor. Fazendo isso, automaticamente ele também eliminaria Brandão do jogo e fugindo compromisso com o senador Weverton Rocha (PDT), deixando o caminho livre para Felipe Camarão.

A ascensão de Felipe Camarão nos últimos meses, já demonstra que esse é o real interesse de Flávio Dino. Considerado um super secretário, Camarão tem um alto poder de influencia sobre Flávio Dino, onde já teria conseguido emplacar cinco secretários no governo do Maranhão.

Nos bastidores, essa possibilidade de Felipe Camarão ser o candidato ao governo Flávio Dino já é dada como certa por aliados, porém resta saber como o governador lidar com esse imbróglio político.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.