Skip to content

Wellington repercute juros exorbitantes apontado pela Folha do Maranhão em empréstimos do governo

Durante sessão plenária desta terça-feira (03), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou a tribuna para expor os juros que o Maranhão irá pagar em empréstimos junto ao Banco do Brasília.

O caso foi revelado com exclusividade pela Folha do Maranhão. (veja aqui)

Segundo o deputado, o Governo do Estado arcará com juros equivalentes a R$ 202.078.560,21. O valor é superior ao valor adquirido no pedido de empréstimo enviado à Assembleia Legislativa, que foi de R$ 180 milhões. Com isso, a dívida que será paga até o final do ano de 2036, será de R$ 382.078.560,21. O deputado Wellington do curso votou contra o Projeto de Empréstimo.

Diante dos juros exorbitantes, o deputado Wellington comprovou que outros estados também já realizaram empréstimos com o Banco de Brasília, mas em nenhum caso o valor totalizado pelos juros e comissões foi superior ao recebido.

“Vejam só: Flávio Dino enviou à Assembleia Legislativa projeto para garantir um empréstimo no valor total de R$ 180 milhões. Votei contra exatamente por já saber sobre o perfil do governador das imoralidades. Agora, comprovamos que só em juros, o estado do Maranhão arcará com R$ 202 milhões. Um valor maior até mesmo que o adquirido. Verificamos, inclusive, os outros estados que também fizeram empréstimos semelhantes, a exemplo do Pará, Paraná e Bahia, mas nenhum deles se pagou tanto com juros. Qual a justificativa, governador Flávio Dino? Por que insistiram em uma proposta de empréstimo com juros tão exorbitantes? Quem ganha com isso? Votei contra exatamente por saber que quem pagaria esse desastroso empréstimo seria a população”, disse o deputado Wellington.

Todos os dados apresentados pelo deputado Wellington foram encaminhados ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado para a adoção das devidas providências.

SOBRE O PROJETO E VOTAÇÃO!
Votos contra o empréstimo em (06/04/2021): Deputados Wellington do Curso e Cesar Pires
PROJETO DE LEI N° 147/2021, DE AUTORIA DO PODER EXECUTIVO, QUE AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A CONTRATAR OPERAÇÃO DE CRÉDITO JUNTO AO BANCO DE BRASÍLIA – BRB, ATÉ O VALOR DE R$ 180.000.000,00 (CENTO E OITENTA MILHÕES DE REAIS), PARA EXECUÇÃO DO PRO- GRAMA MARANHÃO FORTE. COM PARECER FAVORÁVEL DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA – RELATOR DEPUTADO RAFAEL LEITOA. O SENHOR PRESIDENTE DEPUTADO OTHELINO NETO CONCLUI A BOTACAO EM 06/04/2021 – Em votação, os Deputados que aprovam, permaneçam como estão. Aprovado. Vamos registrar os votos contrários. Registrando o voto contrário do Deputado Wellington do Curso, César Pires.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.