Skip to content

Sem participar de nenhuma reunião do Plano Diretor de São Luís, Simplício Araújo volta a se promover em outdoors

O secretário de Indústria e Comércio e pré-candidato ao governo, Simplício Araújo (SD) resolveu usar o seu posicionamento político para se promover em outdoors espalhados na capital.

Sem participar de nenhuma reunião do Plano Diretor de São Luís, o secretário afirmou que São Luís está há 10 anos no atraso, pela não aprovação do Plano Diretor.

De acordo Simplício Araújo, sem atualização do Plano Diretor e da Lei de Zoneamento, São Luís tem prejuízos financeiros, atraso e perda de milhares de empregos.

A posição do secretário até seria válida, se ele não estivesse usando do assunto para promover politicamente. De olho em 2022, Simplício é secretário do governo Flávio Dino desde novembro de 2015, mas somente agora, às vésperas de sua campanha para o governo, resolveu se preocupar com o Plano Diretor de São Luís.

O secretário que é conhecido por sua articulação, em nenhum momento procurou os vereadores de São Luís nem muito menos a gestão municipal para discutir o assunto. Pelo contrário, o secretário afronta o legislativo municipal ao realizar esse tipo cobrança.

Se realmente quisesse contribuir, Simplício Araújo poderia acionar a Agência Executiva Metropolitana (Agem) para auxiliar nos trabalhos de elaboração, discussão e aprovação do Plano Diretor de São Luís.

Criada em 2017, a AGEM e nasceu com a missão de gerir o processo de metropolização da Região Metropolitana da Grande São Luís (RMGSL) e implantar as Funções Públicas de Interesse Comum. Na ocasião, o governador Flávio Dino nomeou o vereador Pedro Lucas Fernandes como presidente da Agência Executiva Metropolitana, cargo que hoje é exercido pelo bacharel em Direito e Agronomia, Lívio Jonas Mendonça Corrêa.

Essa não é a primeira vez que o secretário usa de assuntos de interesses público para se promover. No final do mês passado, a Folha do Maranhão mostrou que Simplício Araújo também estava usando outdoors para promover a sua imagem atrelada a importação de respiradores bancados por empresários maranhenses no ano passado.

Por se tratar de um pré-candidato a disputar as eleições do próximo ano, Simplício Araújo deverá ser representado mais uma vez pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), assim como foi o deputado Duarte Júnior, que foi representado e condenado a pagar multa por tal prática no ano passado.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Um comentário

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.