Skip to content

Polícia Federal investiga adulteração de frascos de vacinas no Maranhão

De acordo com informações enviadas à Folha do Maranhão, a Coordenação de Inspeção e Fiscalização de Insumos Farmacêuticos (Coins), afirma que a Polícia Federal está investigando caso de adulteração de frascos de vacinas da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, em São Paulo.

A denúncia foi enviada à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) desde maio deste ano. De acordo com a apuração, houve reaproveitamento de um frasco vazio de CoronaVac para introdução de um líquido diferente do da vacina dentro do recipiente, bem como o uso de uma cola para fixar o lacre de alumínio à tampa.

“Informamos que o caso foi encaminhado para investigação da Polícia Federal, assim, como a investigação está em andamento, o sigilo está respaldado,” afirmou o Coins.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.