Skip to content

Flávio Dino fala em divergência e esgotamento dentro do PCdoB

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), falou sobre sua saída do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) para Partido Socialista Brasil (PSB) durante entrevista à jornalista Cynara Menezes, no Jornal da Fórum, nesta segunda-feira (28).

Flávio Dino Dino negou que tenha tomado uma decisão individual e apontou que travou diversos debates interno dentro do partido nos últimos anos. “Tentei durante 5 anos, perdi todas as posições que defendi. Existe uma regra da sabedoria popular que diz ‘os incomodados que se mudem’. Depois desses 5 anos, ficou uma certa tensão. Eu não poderia ser um elemento de tensionamento permanente”, declarou o governador.

Algumas lideranças do PCdoB, chegaram afirmar que o governador não poderia tomar uma decisão individual diante de um dilema coletivo. Mas segundo Flávio Dino, não houve uma decisão individual. “Eu fiz o debate coletivo, não consegui êxito e busquei outro caminho. Uma divergência mais tática. Mas eu tenho certeza que continuaremos a caminhar muito juntos”, completou.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.