Skip to content

Em cincos meses, gestão de Flávio Dino arrecada R$ 3,8 bilhões com ICMS no MA

Um levantamento da Folha do Maranhão em dados do Ministério da Economia através do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), mostra que o Estado do Maranhão arrecadou R$ 3.856.593,914 com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em apenas cinco meses. Este valor, é 22,95% maior se comparado com 2020, quando o Maranhão registou R$ 3.136.741.305 no mesmo período.

Ainda de acordo com o levantamento, o governo do Maranhão arrecadou R$ 4.302.866.898 em tributos estaduais no período. Valor também é superior se comparado ao mesmo período do ano passado, quando o Maranhão arrecadou R$ 3.490.070,810, representando uma variação de 23,29%.

Segundo o Confaz, 89,63% da arrecadação do Maranhão é em cima do ICMS, outros 6,63% é resultado do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e 1,96% em cima de taxas.

O Boletim de Arrecadação de Tributos Estaduais, mostra que no mês de janeiro, o Maranhão registrou a maior alta de arrecadação da história, com um total de R$ 1.028.962,23 arrecados. Em fevereiro, o valor caiu para R$ 864.984,34. Já no mês de março, o valor se manteve aproximado, com um total de R$ 814.097.50 arrecadados. O mês de abril registrou uma queda maior ainda, ficando o valor em R$ 783.156.74. Em maio, a arrecadação do Maranhão voltou a subir e registrou o valor de R$ 811.666.07 arrecadados em tributos estaduais.

Mesmo diante da pandemia, sem a rotina de comércio e serviços normalizados, a arrecadação do Maranhão vem aumentando se comparado aos anos anteriores. Isso deve ao aumento dos preços de serviços e produtos que sofreram grande reajuste devido a interferência pandemia. Com umas das alíquotas de ICMS mais altas do país, o Maranhão dificilmente sofrerá algum impacto em sua arrecadação.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Você poderá fazer comentários logado em seu facebook logo após a matéria.