Skip to content

Pessoas que fazem parte dos grupos de risco que não quiseram vacinar serão retomadas ao trabalho, diz Flávio Dino

Durante entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (28), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou que pessoas que pertencem aos grupos de riscos que não quiserem tomar as vacinas contra à Covid-19 por uma questão pessoas, serão automaticamente retornadas ao trabalho.

Segundo Flávio Dino, foi percebido um grande número de pessoas que fazer parte desse grupo de maior risco que estão se recusando a tomar as vacinas, mas ao mesmo tempo dizendo que não vão trabalhar.

“Nós verificamos que havia grupos de maior risco, tanto do setor privado quanto do setor público, se recusando a tomar a vacina, mas ao mesmo tempo afirmando que não vão trabalhar. Nós respeitamos a decisão individual de quem não quer tomar a vacina, porém, se a pessoa tem a vacina disponível para o seu grupo e nós temos a situação que a pessoa não quer vacinar. Neste caso, a pessoa assina um termo afirmando que não quer tomar a vacina por um motivo de convicção pessoal e ela é obrigada a retomar ao trabalho.” disse Flávio Dino.

Em relação as medidas restritivas, essa foi a única mudança anunciada por Flávio Dino, todas as demais medidas restritivas permaneceram em vigor até o dia 7 de junho.

Veja o vídeo

Comentários

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.