Skip to content

ONG que cuida de animais abandonados diz estar sendo processada por Duarte Júnior que pede indenização

A ONG Dindas Formiguinhas usou o seu perfil nas redes sociais para afirmar que o deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos), está processando Karina Lêda Borjas, presidente e fundadora da ONG por suposta divulgação de Fake News contra a sua pessoa.

A ONG acusou o parlamentar de oportunismo, e que estava querendo tirar vantagem política eleitoral de um episódio onde uma cadela foi morta por um policial durante uma operação no Centro Histórico de São Luís.

Na época, um vídeo dos filhotes mamando na cachorra já morta foi divulgado na internet, causando grande comoção da sociedade. A ONG afirmou que o deputado Duarte Júnior teria publicado Fake News em suas redes, se colocando como responsável pelo resgate dos animais e ainda agindo de má fé, oferendo os animais para adoção.

Captura-de-Tela-2021-04-01-às-15.06.34 ONG que cuida de animais abandonados diz estar sendo processada por Duarte Júnior que pede indenização

Agora, quando o caso parecia encerrado, a ONG afirma que o deputado Duarte Júnior ingressou com uma ação na justiça pedindo o valor de R$ 20.000,00.

“Recebemos com espanto a presente intimação judicial, proveniente de um representante do povo, um parlamentar que deveria apoiar a causa e não desonrá-la e denegri-la. Ao nos atacar, ele fere toda a sociedade, pois requer a CENSURA!!!

Para tolher nosso direito de cidadão de fiscalizar os nossos políticos, nos abismamos que quando criticados eles se sintam no direito de exigir judicialmente que sejam apenas elogiados. É assombroso e vilipendioso, cobrar de uma ONG, que depende de vossas doações, a quantia de R$ 20 mil reais por termos tão somente, exercido nosso direito constitucional de fiscalizar aos nossos parlamentares.

Vejam senhores, que o nobre deputado pede R$ 20 mil reais por darmos voz às centenas de animais em situação de maus tratos. Pede R$ 20 mil reais por defendermos a causa animal.

Somos voluntários na causa animal e apesar de ser uma luta diariamente árdua, lutaremos bravamente nessa batalha que iremos enfrentar. Não será qualquer intimidação ou afronta que irá nos acovardar a exercer e garantir nossos direitos e os direitos dos animais”.

Após a publicação da notícia, diversas entidades e ONGs que se envolvem na casa animal, repudiaram essa ação do deputado. Que por sua vez, conforme prints divulgados nas redes sociais, negou todas as acusações e afirmou que a ONG teria interesse político no assunto.

Uma live chegou a ser feita para debater esse assunto. Com mais de uma hora de debate o vídeo já tem quase 3 mil visualizações.

Por fim, a ONG afirma que o deputado está indo no perfil de cada movimento que prestou solidariedade na causa, dizer que não pediu indenização, porém na peça jurídica divulgada pela diretora da ONG, mostra o valor da causa em R$ 20 mil.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.