Skip to content

Em dois meses, gestão de Flávio Dino arrecada quase meio bilhão de reais com ICMS dos combustíveis

Um levantamento da Folha do Maranhão em cima de dados do Ministério da Economia através Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), mostra que nos dois primeiros meses do ano, o Estado do Maranhão arrecadou R$ 488.227.293,00 só com o ICMS em cima dos combustíveis e lubrificantes.

Apesar deste valor, o Maranhão registrou uma pequena variação de -2,82%, se comparado com o ano anterior, onde foram arrecadados R$ 502.389.706,00 no mesmo período.

Mesmo com as frequentes altas no preço dos combustíveis já registrados este ano, essa pequena redução na arrecadação pode estar relacionada com a pandemia. Com as medidas de restrição impostas pelas autoridades, a tendência é diminuir a circulação de pessoas e consequentemente o consumo.

O valor arrecadado pelo governo do Maranhão com o ICMS em cima dos combustíveis, representa 28,93% da arrecadação total do Estado. Com isso, o Maranhão fica em 4º lugar no ranking da Região Nordeste, como o estado que mais arrecadou com ICMS nos combustíveis, perdendo apenas para Bahia, Ceará e Pernambuco.

Desde o início da gestão de Flávio Dino (PCdoB), o ICMS em cima dos combustíveis foi aumentado três vezes, ficando em torno de 30,5% em cima da gasolina comum, 26% no etanol e 18,5% no óleo diesel.

Veja a comparação entre os anos de 2020 e 2021.

ICMS-combustiveis-1024x562 Em dois meses, gestão de Flávio Dino arrecada quase meio bilhão de reais com ICMS dos combustíveis

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Um comentário

  1. ALAIR Nogueira ALAIR Nogueira

    Quero receber notícias desse jornal maravilhoso todos os dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *