Skip to content

Maranhão bate recorde de mortes diárias e confirma 42 mortes em 24 horas

Um ano após o início da pandemia, o Maranhão bateu o recorde de mortes e já se aproximas dos 6 mil óbitos em decorrência do Covid-19. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela SES, foram confirmadas 42 mortes, dessas, 13 foram registradas nas últimas 24 horas.

Com 939 mortes já confirmadas, março tem tudo para ser o mês mais mortal da pandemia no Maranhão. Até o momento, esse número só perder para julho e junho do ano passado, onde foram registrados 965 e 1.072 mortes; respectivamente cada.

Março está com média de 32 óbitos por dia, se essa média for mantida, poderão ser confirmadas nos próximos dois dias, mais 60 mortes em decorrência do Covid-19, e o referido mês pode fechar com mais de mil mortes.

Ainda de acordo com os dados da SES, março já confirmou 20.839 casos do Covid-19.

Último boletim 29/03

Mortes e casos

42 mortes, 13 sendo nas últimas 24 horas;
193 casos confirmados: São Luís 75 casos, Imperatriz 13 casos e demais regiões 105 casos;
14.957 casos ativos: 13.319 em isolamento domiciliar, 1.018 internados em enfermaria e 620 pessoas em UTI

Ocupação de leitos

Grande ilha de São Luís: 95,22% de ocupação nos leitos de UTI e 90,67% de ocupação em leitos clínicos.

Imperatriz: 94,44% de leitos de UTI estão ocupados e a taxa de ocupação de leitos clínicos está em 81,96%

Demais regiões: 77,63% dos leitos de UTI estão ocupados e os leitos de enfermaria estão taxa de ocupação de 57,92%.

Ranking de mortes por covid-19 desde o início da pandemia

MARÇO 1 ÓBITO
ABRIL204 ÓBITOS
MAIO772 ÓBITOS
JUNHO 1.072 ÓBITOS
JULHO965 ÓBITOS
AGOSTO433 ÓBITOS
SETEMBRO310 ÓBITOS
OUTUBRO297 ÓBITOS
NOVEMBRO243 ÓBITOS
DEZEMBRO204 ÓBITOS
JANEIRO191 ÓBITOS
FEVEREIRO355 ÓBITOS
MARÇO 939 ÓBITOS

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.


Comentários

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.