Skip to content

Nádia Quinzeiro e a gestão técnica e proficiente do IPAM

Muito se especulou sobre os nomes que seriam escolhidos por Eduardo Braide (Podemos) para comandar as secretarias de seu governo, principalmente as pastas com maior envergadura político-administrativa, aquelas que lidam com grande público e exigem perfis técnicos para geri-las.

Ciente dos desafios que é administrar uma capital como São Luís, Braide buscou nomes que atendiam a critérios técnicos, com bom trato e experiência na área correspondente aos órgãos municipais. E foi munido desse compromisso e sem indicação política, que o atual prefeito decidiu pelo nome da advogada Nádia Maria França Quinzeiro para comandar o Instituto de Previdência e Assistência de São Luís (IPAM).

Graduada em Direito pela Universidade Federal do Maranhão, pós-graduada em Ciências Jurídico-Políticas e em Direito do Trabalho e certificada pela AMBIMA com CPA-10, a mestranda em Ciências Jurídico-Políticas teve seu nome avalizado por Eduardo Braide após análise curricular e sua comprovada atuação na gestão da política previdenciária.

Servidora de carreira do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Quinzeiro assumiu o primeiro cargo de gestão aos 24 anos, no Monitoramento e Operação de Benefícios. Foi Chefe de Gestão de Pessoas e Gerente Executiva do órgão, responsável pela ampliação da rede da instituição no Maranhão. Durante sua gestão elevou os índices de qualidade do Instituto no Maranhão, que saiu do último lugar da Região Nordeste para um dos primeiros do Brasil.

Entre os anos de 2017 e 2020, exerceu o cargo de presidente do Instituto de Previdência de São José de Ribamar, onde ampliou em mais de 2.000% as concessões de aposentadorias e quadriplicou o patrimônio líquido do órgão.

Pautada pela transparência, probidade, tecnicidade e dinamicidade do serviço público, Nádia Quinzeiro deu início a uma verdadeira revolução no IPAM. De início alterou toda estrutura física do órgão, unificando o atendimento, reorganizando a Coordenação de Benefícios Previdenciários e disponibilizando um advogado da Assessoria Jurídica para atender diariamente o público.

Ainda no mês de janeiro, na segunda quinzena, alterou o fluxo processual para concessões de benefícios, buscando a redução do tempo para a conclusão desses processos. E o resultado apareceu: no início de março, o IPAM concedeu, em tempo recorde (menos de 40 dias), a primeira aposentadoria iniciada e concluída em 2021. A maioria dos processos de concessões levavam tempos maiores para serem finalizados, muito mais de 12 meses.

Ousada, a presidente do IPAM pretende realizar uma gestão eficiente, que garanta o direito aos benefícios, tecnológica, sustentável e com redução de despesas. Motivos que reforçam a escolha acertada do prefeito Eduardo Braide.

Comentários

Publicidade

Um comentário

  1. Virginia Virginia

    Ela é altamente qualificada e competentíssima, além de pessoa maravilhosa! Merece todo o mérito! Batalhou para conseguir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.