Skip to content

Em meio à pandemia, prefeito do Maranhão tenta aumentar seu salário no 1º dia de trabalho

O prefeito da cidade de Santa Inês, Felipe dos Pneus (Republicanos), enviou à Câmara Municipal da cidade, o Projeto de Lei 03/2021, onde trata da atualização dos salários secretários, vice-prefeito e o próprio salário dele.

Desconsiderando a pandemia e crise que o país enfrenta, Felipe do Pneus justificou a correção da inflação do período de 2016 a 2020.

Com os reajustes, os salários saltariam para R$ 27.229,40 para o prefeito, R$ 13.614,70 para o vice-prefeito. Já os seus secretários ganhariam o salário de R$ 12.377,00, os secretários-adjuntos o valor de R$ 6.188,50.

Felipe dos Pneus tem 27 anos, em 2018 foi eleito deputado estadual onde permaneceu no cargo até vencer a disputa para prefeitura de Santa Inês no ano passado. Na Assembleia, o deputado o Subsídio de R$ 25.322,25, fora a verba indenizatória de cota para o exercício parlamentar de R$ 41.779,83.

Em 2020, segundo o Portal da Transparência do Maranhão, o deputado recebeu a quantia de R$ 510.339,87 referentes a cota parlamentar, despesas com diárias e passagens áreas.

Ainda em 2020, Felipe e mais quatros deputados estaduais informaram que doaram metade de seus salários, cerca de R$ 10 mil, por causa da pandemia.

Felipe do Pneus é investigado pelo Ministério Público do Maranhão por suspeita de praticar a “rachadinha”. Na investigação, o promotor transformou a Notícia Fato em Procedimento Investigatória Criminal com até 90 dias para se concluir.

Como o deputado foi eleito recentemente, a proposta dele se deu logo no início de seu mandato, ou seja, mesmo sem trabalhar direito no cargo no qual foi eleito, ele já propôs aumento do seu salário.

Após repercussão negativa, Felipe do Pneus foi para suas redes sociais anunciar a sua desistência de aumentar o seu próprio salário e deus secretários, além do vice-prefeito.

Veja o polêmico projeto

Decreto-Santa-Ines Em meio à pandemia, prefeito do Maranhão tenta aumentar seu salário no 1º dia de trabalho

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *