Skip to content

Secretário da Fazenda do Maranhão e outros 17, pedem volta do auxílio emergencial

O Governo do Maranhão através de Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), pediu ao governo federal o retorno do Auxílio Emergencial. O pedido foi assinado pelo secretário Marcellus Ribeiro Alves.

Além do secretário da fazenda do Maranhão outros 17 assinaram a carta.

No pedido, os secretários afirmaram que é necessária uma ação emergencial do governo federal contra uma segunda onda do Covid-19 no Brasil. Uma vez que os casos vêm aumentando consideravelmente em algumas regiões do país.

Os estados pedem ainda a prorrogação do estado de calamidade pública e do Orçamento de Guerra por mais 6 meses.

A carta foi idealizada pelo presidente do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados (Comsefaz), Rafael Fonteles, do Piauí, além dele, os secretários do Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins.

Até o presidente momento o governo federal não sinalizou a prorrogação do auxilio e nem muito menos a prorrogação do estado de calamidade.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.