Skip to content

Vice-prefeita e secretária Municipal de Educação, Esmênia Miranda, se reúne com servidores da Semed

A vice-prefeita e secretária Municipal de Educação, Esmênia Miranda, se reuniu com os servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) nesta segunda-feira (4). A secretária tratou de alguns dos temas prioritários para a área neste início da nova gestão como: a manutenção do ensino remoto, medidas para garantir o acesso de todos os alunos ao conteúdo on-line, a realização de um diagnóstico da situação da rede física escolar e o fim da fila de espera por vagas na rede de ensino municipal.

“Já temos um relatório pronto de tudo que está em andamento na secretaria e do que já está planejado. A partir deste relatório e do plano de ação para os primeiros 100 dias da gestão, vamos trabalhar para que alunos e professores possam encerrar o ano letivo de 2020 e iniciar o ano letivo de 2021, com o mínimo possível de prejuízos, já que ainda estamos em meio a uma pandemia. Também faremos as intervenções necessárias na rede física de ensino”, afirmou.

Esmênia Miranda também confirmou que serão necessárias intervenções para adequar toda a rede escolar municipal. Segundo a secretária Municipal de Educação, a previsão é que a partir de agosto seja adotado o modelo híbrido na rede de ensino municipal. Até lá será feita uma força-tarefa, em parceria com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

“Uma equipe multiprofissional formada por engenheiros, arquitetos e outros profissionais percorrerá todas as 252 escolas da rede para avaliar que unidades precisam de intervenção e que tipo de intervenções precisam ser feitas. O ano letivo 2020 termina em abril. Vamos fazer um diagnóstico das condições de acesso de alunos e professores à internet para corrigir a diferença de níveis entre as escolas”, informou.

A vice-prefeita fez questão de destacar a prioridade da Secretaria de Educação nesse momento de pandemia. “O objetivo principal é reestruturar a rede e garantir que a educação chegue a todas as crianças da nossa cidade, incluindo a garantia de vagas para todas, pois ainda há crianças fora da escola. É para isso que o nosso trabalho já começou”, concluiu.

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *