Skip to content

PTC deve virar alvo de investigação do MPE em São José de Ribamar

O Partido Trabalhista Cristão (PTC), em São José de Ribamar, deve virar alvo de investigação do Ministério Público Eleitoral devido a fortes indícios de fraudes de cotas de gênero e candidatura fictícias no município.

A chapa do PTC em Ribamar teve 23 candidatos à vereador, sendo 8 candidatas mulheres, destas, 7 tiveram uma votação abaixo de 24 votos, o que pode caracterizar candidaturas fictícias, apenas para o preenchimento de cotas de gênero, quando o partido é obrigado ter 30% dos seus candidatos, sejam mulheres.

Se observar de fato, o partido teve apenas 2 candidatos com votações expressivas.

Vale ressaltar que a falta de voto não caracteriza candidaturas fictícia, porém as mulheres da chapa terem o péssimo desempenho nas urnas, pode caracterizar fraude na cota de gênero do partido.

O site Folha do Maranhão fez um levamento no Sistema de Divulgação e Contas Eleitorais (Divulgacand), e não encontrou nenhum tipo de recursos recebido ou gasto na campanha das 8 candidatas mulheres pelo partido.

Se for comprovado de fato as possíveis irregularidades, o partido poderá perder a única vaga de vereador que conquistou por coeficiente eleitoral.

Veja aqui a votação do partido em Ribamar

Leia outras notícias em FolhadoMaranhao.com. Siga a Folha do Maranhão no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva em nossos canais, do Telegram e do Youtube. Envie informações e denúncias através do nosso e-mail e WhatsApp (98) 98136-0599.

Comentários

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.