Skip to content

Promotoria investiga manobra da Câmara Municipal de Santa Luzia

O Ministério Publico do Maranhão através da 1ª Promotoria de Justiça de Santa Luzia, abriu um procedimento administrativo para investigar uma sessão extraordinária por parte da Câmara Municipal da cidade, com intuito de alterar o nome do estádio do município.

O Promotor Leonardo Santana Modesto, quer saber qual a fundamentação para convocação de sessão extraordinária por parte dos vereadores apenas para alterar o nome de um estádio.

Segundo apurou o site Folha do Maranhão, a convocação de sessão seria um pedido da prefeita França do Macaquinho (PP), que decidiu alterar o nome do estádio de Francisquinho Pernambucano, para Arena Macacão, em alusão seu pai, falecido recentemente.

Com o mandato sem nenhuma obra estrutural no município, França do Macaquinho resolveu alterar o nome do estádio para simbolizar o seu mandato e a sua família.

O certo é que a convocação da sessão extraordinária por parte dos vereadores, tem um custo, e seria esse o motivo da investigação do Ministério Público. Pois tal manobra, é como se fosse um dia trabalhado apenas para aprovação de um projeto em 5 minutos.

Diante isso, o Ministério Publico do Maranhão, solicitou ao Presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia, o vereador da Floresta a justificativa pela convocação da sessão extraordinária, e deu um prazo de 10 dias para explicação.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *