Skip to content

Adelmo Soares deverá ser representado por possível propaganda eleitoral antecipada em Caxias

O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Caxias, Adelmo Soares, deverá ser representado nos próximos dias pelo Ministério Público Eleitoral por possível propaganda eleitoral antecipada.

De acordo com apuração do site Folha do Maranhão, o então pré-candidato já estaria distribuindo material de campanha, como adesivos para carros já estampados com o seu número no qual irá usar durante a corrida eleitoral em 2020.

Intitulado de “Movimento 65”, foi alvo de representação recente contra a prefeita de Paço do Lumiar, Paula Azevedo. Na ocasião, o MPE abriu processo de investigação para apurar o fato de que os carros de transporte alternativo da cidade estariam sendo adesivados com o número que será usado pela prefeita nestas eleições.

Em um entendimento recente do próprio MPE, diz que embora não havendo explicitamente o pedido de voto, a lei não afasta a possibilidade de reconhecimento da chamada propaganda subliminar, aquela que, para além da análise do texto da propaganda, resta configurada quando outras circunstâncias permitam ao púbico identificar a futura candidatura.

Em Caxias, Adelmo Soares já fez diversas reuniões no município, todas intituladas de “Movimentos 65”, além da reunião o pré-candidato exibe fotos em suas redes, onde aparece diversos carros adesivados que fazem alusão subliminar ao seu número e consequentemente a sua candidatura, o que deixa os demais candidatos desvantagem.

Diante dos fatos expostos, só resta o Ministério Público Eleitoral se manifestar pelo o que vem acontecendo no município de Caxias.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *