Skip to content

Consórcio Nordeste contratou mais de meio milhão em passagens áreas de empresa que operou nos governos Lula e Dilma

O Consórcio de Governadores do Nordeste fechou um contrato em mais de meio milhão na contratação de agencia de viagens para aquisição de passagens áreas de voos nacionais e internacionais.

De acordo com o contrato 003/2020, o Consórcio Nordeste desembolsou o valor de R$ 529.800,27, divididos em R$ 370.800,24 em viagens nacionais e R$ 159.000,03 em viagens internacionais.

O contrato entre o Consórcio do Nordeste e a empresa Aires Turismo Ltda, foi assinado no dia 1 de abril, ou seja, durante a pandemia, quando quase 100% da frota comercial estava parada no Brasil.

Segundo apurou o site Folha do Maranhão, a mesma empresa já teve vários contratos com o governo federal na época da ex-presidente Dilma, inclusive no Ministério da Previdência Social, onde o atual secretário-executivo do Consócio do Nordeste, Carlos Eduardo Gabas, foi ministro. O que mostra uma aproximação de compras realizadas no governo Dilma compras realizadas no Consórcio do Nordeste.

O contrato de passagens áreas surge depois do escândalo na compra dos respiradores, também comprados de forma duvidosa onde Carlos Gabas partiu da contratação. Segundo as investigações, atravessadores teriam lucrado cerca de R$ 12 milhões na compra de respiradores que nunca foram entregues.

Recentemente mostramos aqui o salário que o ex-ministro e Carlos Gabas está recebendo cerca de R$ 19.500,00 no Consórcio do Nordeste.

Veja o contrato com Aires Turismo clicando aqui

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *