Skip to content

Secretário de saúde de Ribamar deixa o cargo em meio a pandemia

A cidade de São José de Ribamar, município vizinho a capital do Maranhão, São Luís. Viu seu secretário de saúde deixar o cargo em meio uma das mais crises mundiais de saúde, a pandemia do Covid-19.

Apesar de não ter confirmado, o jovem advogado Tiago Fernandes, deixou o cargo para ser candidato ao cargo de prefeito de Ribamar.

Sua saída coincidiu com prazo que o Tribunal Superior Eleitoral – TSE, estipulou para que pessoas que ocupam cargos ou funções públicas, se desincompatibilizem de suas funções para só então poder concorrer a um cargo eletivo.

Thiago Fernandes deixa o cargo sem nenhuma ação de destaque em sua gestão, enfrentando uma Comissão de Inquérito Parlamentar – CPI, proposta pelos vereadores da Câmara Municipal de São José de Ribamar, com intuito de investigar possível corrupção em sua pasta.

No início da sua gestão, o secretário Tiago Fernandes enfrentou a greve dos profissionais de saúde, que por falta de pagamento cruzaram os braços, deixando de realizar atendimento básico na área da saúde do município. Ainda na área de saúde, foi dada continuidade no contrato de gerenciamento de saúde do município, que era de responsabilidade da Unir Saúde, empresa alvo de operação da Polícia Federal no Rio de Janeiro, contratada pelo antigo prefeito Luís Fernando.

O contrato da empresa Unir Saúde, que operava desde 2017 no município, foi reincidido recentemente pelo atual prefeito, Eudes Sampaio (PTB).

Segundo informações, Tiago Fernandes será o candidato do ex-prefeito e atua secretário do governo Dino, Luís Fernando.

Após a sua saída, o prefeito Eudes Sampaio escolheu um novo substituto para ocupar o cargo de secretário no município, será o enfermeiro William Ferreira, que era adjunto da pasta.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *