Skip to content

Pedreiras também tem hospital de 40 leitos nunca entregue a população

Iniciado ainda na gestão de Roseana, pelo então secretário de saúde, Ricardo Murad, o hospital de pedreiras é sonho distante que a população nunca teve o prazer de viver.

Pois esse hospital, assim como outros iniciados na gestão anterior, foi ignorado pela gestão de Flávio Dino.

Com recursos do BNDES, estava previsto um hospital de 40 leitos, que atenderia não só a Pedreiras, mas toda a Região do Médio Mearim, com o valor da obra orçado em R$ 8.030.016,17, o hospital nunca de fato foi concluído.

Em 2016, já na gestão de Flávio Dino, secretários, o prefeito e deputados, se reuniram no Palácio do Leões para discutir a situação do hospital, onde ao final da reunião foi anunciada a retomada da construção do hospital.

Em uma foto simbólica aparecem o então secretário de comunicação da época, Márcio Jerry, o prefeito de Pedreiras Antônio França, o governador Flávio Dino, o deputado estadual Fábio Macedo e o secretário da Casa Civil, Marcelo Tavares.

Foto de dezembro de 2016 onde foi anunciado a retomada das obras

Mesmo tendo sido anunciada em dezembro de 2016 retomada das obras, já passaram mais de dois anos, e a obra nunca saiu.

Em 2018 a obra do hospital de Pedreiras já dava sinais que não iria sair, pois trabalhadores que trabalhavam na construção do hospital, entraram em greve por falta de pagamento dos seus salários.

Em meio a pandemia, Flávio Dino está envolvido em mais um escândalo, hospitais do interior que nunca foram concluídos pelo seu governo, e outros casos até concluídos, mas nunca entregues a população.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *