Skip to content

Matões e Coelho Neto foram os municípios que mais registraram pesquisas eleitorais em 2020

Nos três primeiros meses do ano, as cidades de Matões e Coelho foram os municípios que mais registraram pesquisas junto ao Tribunal Superior Eleitoral – TSE, até a data de ontem (12), cada município tinha registrado um total de 3 pesquisas eleitorais, visando as eleições deste ano.

O site do Folha do Maranhão apontou no início do mês fevereiro que o Maranhão era líder em pesquisas eleitorais entre todos os estados, em um novo acesso ao sistema de registros de pesquisas eleitorais do TSE, podemos constatar que o Maranhão se mantem na liderança, desta vez com 37 pesquisas registradas somente esse ano, seguido de São Paulo com 21 pesquisas.

No que se refere as empresas, a M R Borges Serviços / MBO Publicidade, Marketing e Pesquisa, aparece como a empresa que mais foi contratada para fazer consultas aos municípios, com um total de 14 pesquisas realizadas, seguida da ESCUTEC – Pesquisas De Mercado E De Opinião Pública Eireli, com 5 registros.

Apesar de São Luís ser o recordista de pré-candidatos a disputar a vaga no executivo municipal, até o momento só foi registrada uma pesquisa. Cidades como Imperatriz, Caxias e São José de Ribamar ainda não existe registro de pesquisas eleitorais.

Veja lista de municípios que já realizaram pesquisas eleitorais

AÇAILÂNDIA: 1 pesquisa
AMAPÁ DO MARANHÃO: 1 pesquisa
APICUM-AÇU: 2 pesquisas
BACURI: 1 pesquisa
BARRA DO CORDA: 1 pesquisa
BOA VISTA DO GURUPI: 1 pesquisa
BREJO: 2 pesquisas
CAJARI: 1 pesquisa
CAPINZAL DO NORTE: 1 pesquisa
CENTRAL DO MARANHÃO: 1 pesquisa
CODÓ: 2 pesquisas
COELHO NETO: 3 pesquisas
CURURUPU: 1 pesquisa
JOÃO LISBOA: 1 pesquisa
MATÕES: 3 pesquisas
MIRINZAL: 1 pesquisa
MORROS: 1 pesquisa
OLHO D’ÁGUA DAS CUNHÃS: 1 pesquisa
PASTOS BONS: 1 pesquisa
PEDRO DO ROSÁRIO: 1 pesquisa
PORTO RICO DO MARANHÃO: 1 pesquisa
SANTA LUZIA: 1 pesquisa
SANTO ANTÔNIO DOS LOPES: 2 pesquisas
SÃO LUÍS: 1 pesquisa
SERRANO DO MARANHÃO: 2 pesquisas
TIMON: 2 pesquisas
TUNTUM: 1 pesquisa

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *