Skip to content

Duarte Júnior e seu assessor devem ser chamados para depor na Polícia Federal

Uma investigação da Polícia Federal para apurar ataques virtuais contra o deputado Wellington do Curso (PSDB), deve intimar nos próximos dias o assessor do deputado Duarte Júnior (Republicanos), Thiago Rios de Souza é responsável pela Viva Criações, agência de comunicação que responde pelo domínio de e-mail que criou o perfil fake que fazia os ataques.

Thiago Rios é ex-funcionário do Procon e atual assessor do deputado Duarte Júnior.

Com o surgimento de novas provas, o deputado Duarte Júnior, também de ver se intimado para depor, uma vez que em prints divulgados, ele possivelmente estaria coordenando esses ataques, segundo os prints, Duarte dava ordem direta aos funcionários para atacar Wellington.

Na semana passada o deputado Wellington do Curso, foi chamado a sede a Policia Federal, localizado no bairro da Cohama, para prestar maiores esclarecimentos sobre o caso. Wellington disse que está aguardando a conclusão do inquérito, e não quer crê que estava sendo usado dinheiro público para tentar difama-lo.

Duarte Júnior e seu assessor Thiago Rios permanecem em silencio, ainda não se manifestaram sobre esse assunto.

O caso surge logo após uma serie de prints e áudios de um grupo de trabalho do deputado Duarte Júnior terem sido divulgados, nos prints podemos ver um possível direcionamento do próprio Duarte Júnior a atacar imprensa e possíveis adversários.

Um comentário

  1. Rogerio Rogerio

    Esse.moço vem do inferno da pedra,em vez de fazer o trabalho dele,fica tentando difamar os colegas,deu prejuízo a muita gente,Qdo era do Procon,É arrogante,boçal,se acha dono da verdade;vai caçar o q fazer cabra de peia .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *