Skip to content

Construtora envolvida em escândalo com Senador Weverton Rocha, ganha contrato de R$ 84 milhões na gestão de Edivaldo Holanda

A Construtora Luiz Costa volta a ganhar mais um contrato na gestão do prefeito Edivaldo Holanda em São Luís, a empresa da cidade Mossoró no Rio Grande do Norte, ganhou seu terceiro contrato na Secretária de Obras e Serviços (SEMOSP), desta vez a empresa firmou o contrato no valor de R$ 84.029.784,47, para realização de serviços de drenagem profunda em São Luís.

Com dois contratos voltados para pavimentação asfáltica e outro para drenagem profunda, a empresa já faturou cerca de R$ 123 milhões em apenas três meses.

Os valores dos contratos e o local onde a empresa tem sede, vem chamando atenção, uma vez que a empresa veio de tão distante para a realizar os serviço. Segundo um empresário local, fica inviável trazer maquinário e funcionários de tão distante para realizar esse tipo de obra, para ele tem que haver fiscalização para ver se os serviços realmente estão sendo feitos.

A construtora é envolvida em escândalos e seus empresários foram denunciados pelo Ministério Público Federal, pela prática de emissão de notas fiscais, elaboração de contratos com descrição de serviços não realizados, recebimento de valores ocultos, uso de documentação ideologicamente falsa, falsidade ideológica de documentos particulares, associação criminosa e lavagem de dinheiro, previstos nos artigos 357, 304, 299 e 288, todos do Código Penal, bem como no artigo 1º da Lei n. 9.613/1998.

Ainda segundo o MPF, o esquema contava com o apoio de Desembargador aposentado.

ESCÂNDALO

A empresa Construtora Luiz Costa LTDA, da cidade de Mossoró (RN), pertencente ao empresário Celiton Luiz Costa De Oliveira, foi apontada pela revista IstoÉ durante a campanha de 2018 como responsável pelo transporte de R$ 6 milhões em um avião do Rio Grande do Norte até o Ceará a pedido do ex-presidente Lula. O avião monomotor, de prefixo PR-COR, precisou realizar um pouso forçado no campo de aviação de Boa Viagem (CE). A bordo da aeronave estavam o piloto e um funcionário de uma empresa de construção.

De acordo com a IstoÉ, o avião com R$ 6 milhões a bordo caiu em Boa Viagem (CE). Mas os recursos chegaram no destino: A cidade de São Luís, na campanha de Weverton Rocha, PDT

Na época a empresa negou a informação apresentada pela revista, taxou o conteúdo como “mentiroso”, argumentou que a polícia esteve no local e nada foi constatado.

Menos de um ano depois a empresa fecha três contratos a prefeitura de São Luís, que tem como aliado o Senador Weverton Rocha, o mesmo citado pela reportagem.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *