Skip to content

Depois de “enterrar” a EXPOEMA, governo volta atrás e tenta apoiar a maior feira agropecuária do estado

No ano de 2016, o governador Flávio Dino chegou a anunciar o fim do uso do Parque Independência para realização da Exposição agropecuária do Maranhão – Expoema. O parque era alugado pela Associação dos Criadores do Maranhão (Ascem), onde uma vez por ano realizava o evento.

Ainda no ano de 2016, foi lançado o edital de Chamamento Público nº 01/2016 para pré-qualificação de empresas do ramo de construção civil, para apresentarem uma proposta para construção de 2.048 unidades habitacionais para servidores públicos do Estado do Maranhão. 

O edital previa a construção de oito condomínios independentes com 256 moradias cada, sendo cinco condomínios com apartamentos de 51m² e três condomínios com apartamentos de 65m², em área de propriedade do Estado do Maranhão, na localidade Parque Independência, em São Luís.  

Flávio Dino chegou a se manifestar, falou que o governo não concordava que uma área pública imensa ficava abandonada para ser usada somente uma vez por ano.

Agora por sua vez, o governo libera o espaço para realização do evento, e não ficou só por ai, através Empresa Maranhense de Administração Portuária – EMAP e a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão – SEINC, governo liberou cerca de R$ 1.000.000,00, para criação de layout, construção, instalação de equipamentos audiovisuais, montagem e desmontagem de estande e serviços de organização e buffet, construção de vitrines e transferência de informações para a realização da 61° Expoema.

A Expoema deste ano não conta com apresentação de shows, assim como os outros anos, onde arrastava multidões para o evento. Com o pequeno movimento a exposição deve sentir a falta de interesse do governo em continuar parceiro do evento.

Por outro lado, o governo não toca mais no assunto da construção de residências para servidores públicos. Só para constar, a secretária que estava frente do projeto das residências é Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), comandada por Rubens Júnior, deputado/secretário do PCdoB, atual pré-candidato do governo a prefeitura de São Luís.

Por mais que o governo se esforce, a Expoema deste ano não se compara ao grandioso evento que acontecia anos anteriores, talvez Flávio Dino não tenha interesse no setor agropecuário do Maranhão, uma triste realidade constatada por diversos criadores do estado.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *