Desesperado com a expulsão da CAEMA, governo manda perfurar poço às pressas em Imperatriz

Após o prefeito da cidade de Imperatriz (MA), anunciar que pretende romper o contrato com a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA), o governo do estado rapidamente mandou todos os seus aliados para anunciar a perfuração de um poço na cidade.

Assis confirmou que a população de Imperatriz está insatisfeita com os serviços prestados pela CAEMA, segundo ele a empresa está causando prejuízo grande para saúde e para o meio ambiente. Assis disse também que já tentou inúmeras reuniões com diretores da CAEMA para solucionar os problemas, porém não existe garantia da empresa para solucioná-los.

Menos de seis dias depois dessa entrevista, o governo do estado mandou todos os seus aliados para a cidade, para anunciar a perfuração de poço, que atenderá a grande região da Vilinha e Parque Alvorada.

Tal ação, mostra um certo desespero dos governistas, com a perda deste importante contrato da CAEMA, podendo afundar mais ainda a crise que companhia enfrenta. Marco Aurélio, Clayton Noleto e Rildo Amaral, anunciaram a perfuração do posto, como se isso solucionasse o problema.

Os problemas em Imperatriz são históricos, falta de água é uma das principais reclamações da população, sem contar no saneamento básico, que em muitos bairros é precário.

Resta saber se Assis Ramos vai continuar com ideia de privatizar o sistema de água e esgotos de Imperatriz.

2 Comentários

  1. O NOSSO GOVERNADOR TEM BONS PROPÓSITOS PARA COM A CAEMA, MAIS ESSES ACESSORES PARAQUEDISTAS QUE colocados por seus alyados são LOUCOS POR PODER E POR DINHEIRO, VÃO terminar de AFUNDAR A CAEMA. Nos PONTOS CHAVES NÃO PODE SER POLÍTICO, TEM QUE SER TÉCNICO. O SANEAMENTO É muito complexo e tem efeito imediato na saúde pública.

  2. É uma empresa falida , corrupta , com a permissão do governo do estado, mantém salarios milonarios sustentados por politicis corruptos que nao se elegeram e ha as deacadas vivem do dinheiro da Caema , muitas vezes nem morando em outro estado.O sindicato , liderado por Marcos Silva se curva perante a corrupção, nao denunciando esses salários para conseguir apoio dos políticos corruptos para nao privatizar e perder salarios a aposentadorias acima de valor de mercado.

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*