Skip to content

Prefeitura culpa a CEMAR por não inaugurar creches em São Luís

A prefeitura de São Luís através da Secretária de Educação (SEMED), tinham prometido, no último dia (29), a inauguração de duas creches em São Luís, a Creche da Cidade Operária e a Creche da Chácara Brasil.

De acordo do Sindeducação, essa foi a quinta promessa de inauguração desses espaços feita pela secretaria, que alegou a não regularização do fornecimento de energia elétrica dos locais pela CEMAR. “A desculpa da falta de energia “não colou” junto à comunidade, pois mesmo que a CEMAR tivesse estabelecido o fornecimento de energia, não teria mobiliário para receber as crianças”, pontua a professora Nathália Karoline, dirigente do Sindeducação.

Enquanto as creches não funcionam, as mães sofrem com falta de local adequado para seus filhos. Vale lembrar que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, foi obrigado pela justiça a entregar as 25 creches prometidas até o final de seu mandato.

Solicitamos nota a CEMAR e a SEMED, até o fechamento desta matéria ambos não tinham enviado.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *