Mateus usou R$ 23 milhões do BNDES para financiar dois jatos de luxo

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) divulgou na noite desta segunda-feira (19) lista com 134 contratos de financiamentos de jatos executivos da Embraer a juros subsidiados, no valor total de R$ 1,921 bilhão.

A empresa Tocantins Participações e Empreendimentos Ltda, pertencente ao grupo Mateus, utilizou recurso do BNDES para financiar 2 aeronaves.

Em 2011 a empresa pegou o valor de R$ 5.621.916,48, para uma aeronave. Já em 2012 o valor foi de R$ 17.976.345,00, o empresário Ilson Mateus utilizou mais de R$ 23 milhões para compras de suas aeronaves.

Os financiamento das aeronaves não são irregulares

5 Comentários

  1. Agora todos os corruptos estão querendo promover ações promocionais desse ministro que conseguiu destruir mais uma arma contra a corrupção. Acabou com o COAF que era um instrumento de acompanhamento de movimentação financeira irregulares. Aliás hoje os políticos e a maioria dos ministros estão querendo o seu fim por essa mesma razão!!!

  2. Muita gente que defendia esse governo de esquerda sem escrúpulos, agora estamos vendo o que estava por trás, egoístas, nunca se preocuparam com o País, se locupletarem a vontade, sugaram nas tetas dos recursos públicos o quanto puderam. Como disse uma vez o ex presidente Figueiredo, o Brasil é a última preocupação desses canalhas!

  3. Muita gente que defendia esse governo de esquerda sem escrúpulos, agora estamos vendo o que estava por trás, egoístas, nunca se preocuparam com o País, se locupletaram a vontade, sugaram nas tetas dos recursos públicos o quanto puderam. Como disse uma vez o ex presidente Figueiredo, o Brasil é a última preocupação desses canalhas!

  4. Se Bolsonaro não fechar todos os partidos do foro de S. Paulo,e julgar a todos no TSJM,TRIBUNAL SUPERIOR DE JUSTIÇA MILITAR,por crime de terrorismo, isso nunca vai parar.

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*