Flávio Dino já fez mais de 100 medidas provisórias em seu governo

O atual governador do Maranhão, Flávio Dino, em seus quase cinco anos à frente do governo, tem governado o estado à base de medidas provisórias, mesmo sendo autor de um livro em que ele próprio condena as MPs, citando que esse é um dispositivo fruto da ditadura militar.

Segundo um levantamento feito no portal da Assembleia Legislativa, o governador apresentou durante os quatro primeiros anos de seu mandato, além dos oitos primeiros meses deste ano, um total de 108 medidas provisórias, o segundo maior tipo de proposta enviada por Flávio Dino à ALEMA.

Vale destacar também, a quantidade de vetos feito pelo comunista- 96 totais e 53 vetos parciais à propostas saídas da Assembleia Legislativa.

Esse assunto já rendeu vários discursos dos oposicionistas.
O ponto mais forte, foi durante a tentativa da base comunista de aprovas às nove medidas provisórias de uma só vez. Mas conseguiram êxito em apenas quatro.

O deputado Adriano já chegou a rasgar um livro escrito por Flávio Dino. Já o deputado Wellington do Curso, afirma que Flávio Dino se utiliza de medida provisória para administrar. O que deveria ser usado de forma excepcional, agora é prática comum no atual governo, demonstrando o uso de velhas manobras políticas para governar.

Gráfico de propostas enviadas por Flávio Dino à Assembleia Legislativa

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*